12 Abril 2014

Novo e-mail do nosso colaborador Jorge Sampaio

A mostrar Logo do Site.jpg

Devido a problemas tecnicos no correio do IOL, agradeço que os v/ mails sejam enviados para:

Neste momento não me é possivel aceder ao endereço de: jorge_sampaio@iol.pt
Sem outro assunto agradeço toda a v/ melhor atenção.

Atentamente:
Jorge Humberto Sampaio

10 Abril 2014

Açores: Festival de Capinhas

É já no próximo dia 19 de Abril que a Monumental Praça Ilha Terceira abre as suas portas para a realização do habitual Festival de Capinhas. Estes artistas de rua que embelezam as nossas famosas touradas à corda por esta ilha desde desde o dia 1 de Maio ate 15 de Outubro, por uma vez trocam os areais pela praça ilha Terceira. 
Este ano estão anunciados em praça 10 capinhas, divididos em dois grupos para lidar 6 toiros de diferentes ganadarias. No final, por deliberação de um júri serão escolhidos os cinco melhores, para lidarem um sétimo exemplar, que será o famoso “Guarda” de nome, ferrado com o nº 474, da Casa de Rego Botelho, toiro esse que foi lidado em 2011 por El Juli.

Texto e Fotos: Edgar Vieira



Açores: Tiago e João Pamplona preparam temporada taurina

Com vista a preparação da temporada taurina que se avizinha, os irmãos Tiago e João Pamplona realizaram um treino conjunto na sua praceta de tentas situada na Quinta do Malhinha na freguesia do Posto Santo, com reses gentilmente cedidas da casa de Bravo de Herdeiros de Ezequiel Rodrigues.
Foram varias as montadas utilizadas, que se mostraram em muita boa forma, prometendo assim que teremos a casa Pamplona uma vez mais em grande, tal como aconteceu na a passada temporada. Quanto às rezes de Ezequiel Rodrigues, estiverem bem e cumpriram quanto a condições de lide.
Foi uma tarde produtiva para os irmãos Pamplona.

Texto e fotos: Edgar Vieira








Tertúlia Tauromáquica Terceirense - "Vamos falar de Toiros”

A Casa do Povo da Freguesia de São Brás  organizou este fim-de-semana mais um Colóquio sob o tema "Vamos falar de Toiros”.
Desta vez falou-se de forcados, sendo intervenientes João Hermínio, ex-cabo do Grupo Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense e Filipe Pires actual cabo do Grupo de Forcados Amadores do Ramo Grande. 
Perante uma sala cheia e com participação de vários aficionados, foram muitas as questões colocadas. Foi um serão muito bem passado como de grande importância tauromáquica. Neste ciclo haverá ainda mais dois colóquios com os temas “O Toiro e o Ganadero” e “O Toiro e o Cavaleiro”, sendo este ultimo adiado por ter havido coincidencia de datas  com a assembleia geral e respectivas eleições na sede da Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

Texto e Fotos: Edgar Vieira








Festival de Elvas

A alegria de Sónia, o perfeccionismo de Tomás e a irreverencia de Rouxinol Jr.

A nobre causa dos Bombeiros Voluntários de Elvas, deu ontem lugar a realização de um Festival Taurino no Coliseu de Elvas.
Reses de diversas ganadarias, tendo parecer negativo na apresentação, os “Sommer`s” e o de S. Martinho.
Abriu função Luís Rouxinol, frente a um Silva Herculano, que cedo mostrou que não queria peleia, “quando um não quer, dois não brigam”. Mesmo assim, Rouxinol teve de sacar dos “galões” de ser figura para ter uma actuação positiva.
Alegre, desembaraçada e com uma alegria contagiante dentro de praça, Sónia andou igual a si própria. Actuação dentro de que ela sente enquanto toureira, e que de modo fácil chega ao público, assim aconteceu em Elvas, frente a um Falé Filipe de arrancada pronta.
Se a actuação da Sónia tinha sido com ritmo e alegria, a de Filipe Gonçalves, veio confirmar a elevada popularidade do toureio, a que este correspondeu com a lide possível frente ao “Ribeiro Telles” que até se deixou lidar, muito por culpa de Filipe que andou sempre em “cima “dele. Os compridos não foram por aí além, mas nos curtos “arreou” forte, deixando antever que os seus admiradores contam com o Super-Filipe para 2014.
O Salgueiro da Costa, possivelmente viria com outras ambições para Elvas, mas o deslustrado S. Martinho complicou tudo, mesmo apesar da sua fraca presença. Actuação apenas de pormenores, muito aquém do que o jovem dinasta Salgueiro sabe fazer.
O que o Tomás Faz, faz bem. Toureiro perfeccionista demostrou que continua nessa linha.
Agradou ao conclave com as suas entradas frontais frente a um “Sommer” com serio problemas de apresentação e de locomoção. O Tomás deveria aparecer em mais cartéis, pois é sempre agradável vê-lo tourear.
O “suavão” Branco Núncio proporcionou ao jovem Rouxinol Jr. mais uma actuação dentro do êxito que ele teima em somar. Cada actuação que realiza o jovem cavaleiro tenta superar-se a si próprio, em Elvas aguentou a saída com pata o hastado, para depois partir para uma lide empolgante e irreverente, mostrando que o “poiso” deste Rouxinol é alto.
Forcadagem em início de temporada, e num Festival a rodar rapaziada e com isso a sentirem dificuldades. Os da Torre de Palma, pegaram de caras Diogo Peças (2ª) e Carlos Pinho (1ª), os da terra do Aqueduto, António Machado (1º) e Afonso Martins (3ª) , os que viajaram de Beja, Luís Birilo e Miguel Sampaio , ambos a quarta tentativa.

Texto e Fotos: Marco Gomez



Luís Rouxinol             
Sónia Matias
Filipe Gonçalves
Salgueiro da Costa
Tomás Pinto
Rouxinol Júnior

GFA de Monforte

GFA de Elvas

GFA de Beja


Exposição de João Moura em Alter do Chão

Decorreu a inauguração da exposição evocativa da vida do cavaleiro João Moura no emblemático castelo de alter do Chão. Neste dia Alter vestiu-se de gala para acolher um evento que contou com largas centenas de admiradores do toureiro, ou simples aficionados. João Moura foi recebido na mítica rotunda do cavalo, e depois transportado num trem da coudelaria de Alter, “escoltado” por alunos da Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Alter e ao som da excelente Banda Municipal Alterense.
No castelo muitas pessoas o aguardavam, e depois da actuação do Rancho Folclórico As Ceifeiras, o edil local explicou o porquê desta exposição, o critico Miguel Alvarenga fez a apresentação do homenageado, traçando o seu percurso enquanto toureiro, ganadero e criador de galgos. No final, emocionado, especialmente quando foram evocados os nomes de João Moura (pai) e Benito Moura (irmão), o cavaleiro agradeceu a homenagem.
Várias entidades e particulares obsequiaram o homenageado com diversos presentes, a que se seguiu a visita à exposição dividida entre a criação de galgos e a competição nesta área, a faceta ganadera, e claro está a parte tauromáquica enquanto cavaleiro.
No final amplo convívio no jardim do castelo, podendo a exposição ser visitada até ao fim do mês de Abril.

Texto e Fotos: Marco Gomez


Aspecto geral da exposição.

     Centenas de troféus conquistados                Até deu direito a bolo.
     ao longo de uma carreira.
Elias Santos cabo do G.F.A Alter                                  Hoje e sempre ferrolho,                       
      entregando lembrança a João Moura                              o melhor cavalo que moura teve
Os emblemáticos trens da Coudelaria de Alter
                           Alvarenga e Parrita                             Duas Aficionadas, Ana Gomes e D. Guida
Casa cheia para o génio Moura
                          Aspecto geral do Castelo                   Banda Municipal Alterense,
                          de Alter                                              hoje e sempre entre as melhores

08 Abril 2014

Nota de Imprensa


Sónia Matias, conta a partir de agora com Rui Almeida como seu Relações Publicas, será ele que irá gerir a imagem da Cavaleira fora das Praças, o responsável e o promotor junto dos Mídias, para presenças em eventos e também na área de Marketing e publicidade.
Sendo Sónia Matias uma das figuras Tauromáquicas, mais solicitadas para os mais variados compromissos fora das Praças, havia a necessidade de ter alguém responsável por esta área, deixando assim a Cavaleira focada apenas na sua carreira tauromáquica.
Quanto ao Apoderamento e toda a gestão da carreira Tauromáquica de Sónia Matias continua a cargo do seu Pai Possidónio Matias.
Rui Almeida

07 Abril 2014

Receitas Olé!


Lasanha carne brava com bechamel

Ingredientes:

- 500g de carne brava
- 18 placas de lasanha
- 2 cebolas médias
- 200g ketchup
- 100g de queijo ralado
- 400ml de leite
- 2 colheres de manteiga
- 4 colheres de farinha
- 2 colheres de salsa picada
- 4 colheres de azeite 
- Sal q.b.

Preparação:

Coze-se as placas em água a ferver. Escorre-se, passa-se por água fria e secam-se com um pano.
Pica-se a cebola e refoga-se em azeite até que esteja lourinha.
Junta-se a carne e deixa-se alourar. Junta-se o ketchup e a salsa picada.
No recipiente de ir ao forno, colocam-se placas da lasanha alternadamente com a carne, finalizando com placa de lasanha.
Prepara-se o bechamel e rega-se a lasanha. Coloca-se o queijo ralado e vai ao forno a gratinar durante cinco minutos a temperatura de 150 graus.
Quando o queijo estiver dourado, já está pronta a servir.

Bom apetite!!
TauroGastro: Ana Meira

Gala do Moço de Forcado - Évora


FESTIVAL DO REDONDO EM IMAGENS






Fotos: Florindo Piteira

Comunicado

Aficionados!

Quando em Dezembro de 2009 um incêndio destruía a sua sede no nº 38 da Praça da Alegria, toda a gente pensou que era o fim da Tertúlia Festa Brava.
Pois bem, após anos de luta inglória com a Câmara Municipal de Lisboa, no sentido de obter novas instalações, tal não foi possível.
De facto, essa autarquia o melhor, que conseguiu fazer para ajudar uma colectividade, então, com 63 anos, de vida e que, para mais, era sua locatária, foi propor-lhe o arrendamento de uma loja suburbana  por mais de €1000 mensais.
Não foi esse o seu procedimento com outros inquilinos do prédio.  Assim, se defende o Património Cultural de Lisboa.  É sabido que o sr Dr Costa é mais sensível ao jazz que ao passodoble.  
Pelo contrário, a Câmara Municipal de Azambuja honrando a sua condição de membro da Associação de Cidades e Vilas Taurinas e não esquecendo o facto de considerar a tauromaquia como "Património Cultural e Imaterial de Interesse Municipal", quis ceder graciosamente à Tertúlia Festa Brava um espaço capaz de albergar a sua Sede, embora necessitando de obras de adaptação e recuperação.
Assim, com o intuito de dar a conhecer esta nova fase da vida da Tertúlia, agora em Azambuja, vamos levar a cabo, no decurso do mês de Maio próximo - Mês da Cultura Tauromáquica da Vila - os eventos cujos cartazes anexamos. 
Contamos convosco, aficionados, gente do toiro, para com a vossa divulgação e presença, nos ajudarem a levar por diante, esta colectividade taurina que, fundada em 1946, está à beira de fazer 70 anos.

Saudações Taurinas!
Rui Casqueiro Haderer

06 Abril 2014

ESTREIA DE GANADARIA E BOM TEMPO AMANHÃ EM SALVATERRA DE MAGOS


 

Depois da desfeita do São Pedro no passado fim-de-semana, a X Tourada do Tomate realizar-se-á este domingo, 6 de Abril pelas 17:30 na Praça de Toiros de Salvaterra de Magos.
Com o bom tempo de volta e um cartel recheado de condimentos para a presença massiva de público, a arena ribatejana será palco da estreia de uma ganadaria brava portuguesa – com ferro e divisa de Alves Inácio.
Seis imponentes toiros, com idade, peso e trapío, sairão do Monte Cunha no Concelho de Benavente para serem lidados por João Salgueiro, Paulo Jorge Santos e Manuel Telles Bastos, e pegados pelos consagrados grupos de forcados amadores de Évora e Vila Franca.
Domingo todos os Caminhos vão dar a Salvaterra, onde se irão lidar com Toiros com Emoção!

Tauroleve
Fotografias da autoria de Pedro Batalha